Entender ou traduzir?

Bom gente, sou novo aqui e estou estudando inglês por conta própria por não ter dinheiro pra um curso. A questão é que acho que meu raciocínio está bem lento na questão de entender um frase ou um texto em inglês. Tipo, apesar de saber algumas palavras do vocabulário meu cérebro trabalha como um tradutor fazendo todo processamento. Bem deixa eu explicar melhor. Morei na Argentina e não sabia espanhol e aprendi a língua lá mesmo e quando leio e ouço entendo de forma automática. Será que com o inglês é assim mesmo? Alguém tem alguma dica pra que essa compreensão seja mais '' automática ''. Espero que alguém tenha entendido este post confuso hahaha.

Mais Votada Mais Votada

Hi Jeferson,

Como no espanhol, o melhor jeito no inglês também é entender. Isso porque se ficar traduzindo palavra por palavra, você demorará para entender a frase/texto e também há várias expressões que você poderá não entender por estar traduzindo "ao pé da letra".
Uma dica é que ao invés de ficar traduzindo palavra por palavra, tente sempre entender em inglês sem precisar de tradução, caso não entenda, por exemplo, no caso da leitura, tente ler lentamente, mas sem traduzir.

Um dia desses, eu estava assistindo um vídeo onde um professor norte-americano dá dicas de como entender melhor o inglês e uma dica que gostei muito é: Quando você estiver escutando em inglês/lendo em inglês, preste atenção no que você está escutando/lendo e ficar pensando em coisas aleatórias.

Recomendo que assista este vídeo, essas dicas são para o "listening" mas algumas também serve para as outras habilidades: http://www.engvid.com/4-listening-comprehension-tips/ (Está em inglês)

Boa sorte, abraços <3
MENSAGEM PATROCINADA Você sabe como está o seu nível de inglês? Teste agora GRÁTIS em apenas alguns minutos.

Clique aqui para iniciar o Teste Online!
Avatar do usuário Cinnamon 16515 15 45 378
Hi Jeferson!

Temos maneiras diferentes de aprender e também não dá pra comparar muito com uma experiência de imersão, como a que você teve com o espanhol. Por mais que nos esforcemos aqui no Brasil, poder ir para o local onde a língua é falada é tudo de bom. ;)
Minha dica é:

"take it easy!"/i], pegue leve com o aprendizado, se der para sentir satisfação fica muito mais fácil.
De maneira geral recomendamos que se tente entender o contexto, mas isso leva tempo, mais para alguns do que pra outros;

Como você já tem um histórico de aprendizado de língua estrangeira, sua mente já se condicionou de certa forma a se desgarrar da língua mãe, que muitas vezes pode ser um entrave. Aproveite essa aptidão sua;

Não há problema em se recorrer a bons dicionários, mas se isso se tornar um hábito e não houver uma evolução na autonomia do aluno, pode ser que apareçam problemas futuros;

Recomendo que tente imergir na língua inglesa com áudio, texto, chat, tudo o que puder, se for possível pratique o [i]speaking
também já que linguagem é uma só, nós é que a dividimos para melhor entendermos; :roll:

Cercar-se do idioma alvo é sempre um bom caminho para a fluência, e no caso do inglês são muitas as opções de aprendizado, no mundo todo.

Não sei se ajudei de alguma forma, ou se "I was just a parrot, you know (papagaio)". I am a bit chatty... por isso que sempre me dediquei ao listening (porque temos dois ouvidos e apenas uma boca) :lol: e reading (porque sempre quis dominar profundamente o idioma).


Cheers!
Fiquei impressionado com a rapidez com que fui respondido hehe. Pois é, lembro bem como fiquei desesperado quando cheguei em Buenos Aires e não entendia nada do que falavam e com bastante esforço fui conseguindo a comunicação e fluência. No inglês a questão de entender o contexto que estou achando difícil já que meu cérebro fica formulando traduções e isso me deixa de certa forma impaciente hehe. Aqui no English experts já estou vendo muita coisa boa e com tantas pessoas de pronta ajuda vejo que é um bom caminho pro sucesso.
Thank you very much. Valeu pelas dicas.
Avatar do usuário PPAULO 46115 6 35 814
This happens with any language, I myself have this struggle with Spanish (see the complete opposite of what happens to you...).
But I know that I focus on English, kinda being a hard-user of English, whereas I only use Spanish when I have to help my child with homework (corrections etc) or helping somebody else. Over time, I am getting convinced that learning something is becoming synonymous with using that something.
Once, Thomas, a native guy and member of the Forum, let us know that he lived in a country where Spanish was spoken; he learned a lot of Spanish.
He then came to Brazil, he soon learnt Brazilian Portuguese, not much time afterwards he had to be back to a Spanish speaking country, guess what? ha!

It´s not that we "unlearn" it´s that we "struggle for words" when we are "far and away" from the language for some time.
Comigo acontece o contrário, eu leio e entendo automaticamente o que o texto está passando, porém se eu for traduzir eu fico travado haha demoro bem mais tempo, até há um tempo atrás achava que isso era algo ruim, mas pelo que vi da galera que comentou no seu post, parece ser o melhor caminho, bom, saiba que seu post esclareceu a dúvida de muitas pessoas ! Hugs buddy ! :D
Avatar do usuário PPAULO 46115 6 35 814
In a way, it comes with time (and practice). It´s almost a knee-jerk experience, when we are learning a language we feel the urge to "translate" what we read, and here I mean a "literal translation".
With time we get to grips with the many ways English sentences, thought, and expressions come up. Take the ways one asks something; polite, rude or in-between. Or how to address your audience, in formal, informal ways, using slangs or not, how the choice of words is more natural or not, etc.
To me, there´s a point in wich we can choose how to make the reading, when we sit we decide if were are reading for fun or to interpret (for example, to a exam, or when studying).
In a way, to understand what is written is the best way, it´s a fact. Until we have to relay that information to someone else, or interpret the text etc. Or to be asked to reverse the logic behind it (to change something into reported speech, for example.)
On the other hand, it´s not appealing the idea of reading comics and trying to think about every conceivable way the line of a character could be restated, it wouldn´t be doable.

Anyway, take this answer just as an opinion, please. Others might have their say and tell us about their experience on the matter.