Entender sem tradução

Bom, para não prolongar muito, vou direto ao ponto. Eu estou estudando inglês com friends e eu tenho um "problema" (não sei se é um problema): eu ouço a frase, entendo-a (em inglês), mas não sei o que significa... Por exemplo: se diz pra mim "it could be coolest", EU vou entender "It could be coolest", porém, pra não traduzir mentalmente, eu "travo" minha mente pro português, é esse "It could be coolest" não faz sentido... Será que é pra mim continuar estudando dessa forma, entendendo em inglês, sem traduzir, mas não sabendo o que significa? Acho que vocês me entenderam...

Obrigado! :)
Saudações! Pelo meu ponto de vista, isso não é necessariamente um problema. Você entende sim o que significa (o sentido da frase em inglês), mas não encontra uma tradução em português para ela. Ora, isso para mim é pensar em inglês, sem se preocupar em encontrar uma tradução. É algo que todo estudante de língua estrangeira almeja. Eu não me preocuparia em tentar encontrar uma tradução, SE o caso for apenas se comunicar em inglês. Se você já sabe o que significa, para que ter que obrigatoriamente saber escrever esta mesma frase em português? A não ser que você precise, caso pense em se tornar um tradutor ou intérprete. Como eu disse, é apenas minha opinião.
MENSAGEM PATROCINADA Para aprender mais sobre os Tempos Verbais baixe agora o: Guia Grátis de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola.

Clique aqui e saiba como baixar!
Avatar do usuário Marcio_Farias 12280 1 21 206
Passei — aliás, a "crushingly overwhelming" maioria dos estudantes de inglês passaram — por esse problema: o do "travamento". No momento eu estou passando por esse problema, mas com o alemão.

Entenda isso como uma fase. À medida que você vai lendo, escrevendo, observando e (entre)ouvindo, naturalmente vai aprendendo; o vocabulário vai se fixando paulatinamente para uns, rapidamente para outros. Não deixe o travamento "get" você "down".

Para evitar o "travamento", siga o método da associação. Se você associar "coolest" a "uma cerveja bem gelada", nunca mais vai se esquecer de que "coolest" = "bem fria", ou melhor dizendo, "gelada" ou mais "frio do que *ss de foca"; procure sempre estabelecer o método da associação com as demais palavras. "Invente". Por ex., associe "crosswalk" a "caminho atravessado", i.é., "faixa de pedestre", enquanto vislumbra muita gente (engraçada, de pernas grandes) atravessando uma rua ou avenida no sinal vermelho". Em outras palavras, procure sempre ter em mente uma visão engraçada ou até mesmo absurda da associação, e nunca mais se esquecerá do vocábulo correspondente.

Isso funciona com a maioria dos estudantes, e eu sinceramente espero que funcione com você.
Vejo como duas coisas distintas, tem uma grande diferença entre entender o que leu/ouviu e traduzir o que leu/ouviu. Qual é seu objetivo? Creio que você não tem que traduzir tudo o que ouve ou lê, se o sentido e a comunicação foram satisfeitos, o objetivo foi alcançado. Afinal está estudando inglês e não português.