"Há muitos anos atrás": é certo ou errado?

Alessandro (online) 3 11 91
Um erro muito comum cometido por falantes do Português diz respeito à expressão "Há muitos anos atrás". Na verdade quando se diz "Há muitos anos" não é necessário completar com a frase "atrás".

Toda vez que leio ou ouço "Há muitos anos atrás" dá vontade de corrigir...

Vamos deixar esse erro comum para o Raul Seixas e Paulo Coelho: "Eu nasci há 10.000 muitos anos atrás" (licença poética é claro!)

Fica a dica!

Abraços,

Anúncio Converse grátis por 15 minutos com um professor e verifique como está o seu nível de inglês. Perder o medo de se comunicar é o primeiro passo para a fluência. Cadastre-se na Cambly e experimente o método sem compromisso.

Iniciar Conversação
14 respostas
Nunca tinha parado pra pensar nisso!lol! Muito interessante! Até por que vivemos num universo ascendente-crescente. Assim não podemos dizer eu nasci há dez 10.000 mil anos na frente.

Valeu pela dica!
HAHAHAHAHAHAHA Licença poética foi ótima.

Ehem ehem.
na verdade, a letra não diz
10.000 muitos anos atrás...

apenas
10.000 anos atrás...

que seja, licença poética? well... se ele sabia o correto é licença poética, se não... é tudo em nome da rima mesmo... fazer o que?

"eu nasci há 10 mil anos atrás...
e não tem nada nesse mundo que eu não saiba demais..."

(será q valeu a "licença" por uma riminha triste como essa? bom... vendeu muito na época... )

concordo com vc sobre a vontade de corrigir, mas... vale lembrar (sobretudo para os nao nativos):

trata-se da chamada redundancia ou pleonasmo... que não chega a ser erro gramatical, mas um vício de linguagem, que definitivamente torna a comunicação mais pesada e feia... pelo uso excessivo de palavras que não acrescentam nem melhoram o sentido...

eu recomendo (para rir e tambem para notar o que falamos "sem querer") o excelente video do Marcius Melhem sobre Pleonasmo ...
-----------------------------------------------------------------------

ah... mais uma coisinha... sinto dizer mas... Raul não foi exatamente original nessa...

vejam o q Elvis Presley já cantava...
A frase não possui um erro gramatical e pode ter um contexto absolutamente plausível sem também ser pleaunasmo. A frase "há muitos anos" é totalmente diferente de "há muitos anos atrás". A primeira pode ser entendida como algo que acontece há muitos anos e continua acontecendo e a outra pode ter o sentido de que algo ocorreu e já não ocorre mais.
Quanto ao pleonasmo, sou da linha linguística que o aceita como forma coloquial para justamente dar ênfase a um certo assunto.
Marcio_Farias 1 23 214
Alessandro escreveu:[...] Na verdade quando se diz "Há muitos anos" não é necessário completar com a frase "atrás" [...]
Alessandro, I thoroughly agree with you. The expression "Há muitos anos" equals "Faz muitos anos," after which we surely shouldn't add an "atrás."
Anúncio Você tem medo de falar inglês? - Se você já estudou inglês mas ainda se sente inseguro(a) saiba que o primeiro passo é se expor ao idioma. Converse grátis por 15 minutos com um professor de inglês nativo, você vai se surpreender o quanto isso pode fazer a diferença.

Começar agora!
Não tem erro nenhum em dizer 'Há muitos anos 'ou 'Há muitos anos atrás'
A mesma coisa de dizer, "Eu vou subir lá em cima" ou "Eu vou subir"

Para alguns metidos a sabe tudo isso é uma tapa na cara , e na minha opinião
tem coisas mais importantes para se discutir.
Flavia.lm 1 10 95
Lucas PAYNE escreveu:Não tem erro nenhum em dizer 'Há muitos anos 'ou 'Há muitos anos atrás'
A mesma coisa de dizer, "Eu vou subir lá em cima" ou "Eu vou subir"

Para alguns metidos a sabe tudo isso é uma tapa na cara , e na minha opinião
tem coisas mais importantes para se discutir.
Lucas, Eu vou subir lá em cima não só é errado como soa muito mal aos ouvidos. Pode até existir coisas mais importantes a serem discutidas, mas polir nosso português é tão importante (pra não dizer mais importante) quanto falar um bom inglês.
Pegando um gancho no artigo do Bill publicado ontem lá no blog: "Remember that you will never look or sound foolish by using proper grammar."
Marcio_Farias 1 23 214
Lucas PAYNE escreveu:[...]Para alguns metidos a sabe tudo isso é uma tapa na cara , e na minha opinião
tem coisas mais importantes para se discutir.
Can you name a few of the things you consider more important? (We can easily make assertions. We can say that's that and this is this. But I think we should do it in a non-judgmental way. We can do it all without resorting to violent language!)
Verdade, temos que procurar melhorar o português escrito e falado todos os dias.

Marcio_Farias escreveu:
Lucas PAYNE escreveu:[...]Para alguns metidos a sabe tudo isso é uma tapa na cara , e na minha opinião
tem coisas mais importantes para se discutir.
Can you name a few of the things you consider more important? (We can easily make assertions. We can say that's that and this is this. But I think we should do it in a non-judgmental way. We can do it all without resorting to violent language!)
Oks meu querido, acho que você deve ter me entendido mal
pelo que me parece apenas dei minha opinião sem ofender ninguém
mas se eu causei uma impressão errada por favor me desculpe.
Marcio_Farias 1 23 214
mayaya escreveu:[...] para justamente dar ênfase a um certo assunto.
I noticed you split an infinitive by inserting justamente between para and dar. Did you know that you could do it in English too?

"To boldly go where no man has gone before"
"17-year-old Alice wants to gradually get rid of her teddy bears."
"We need to practice English more to better understand the exercises"
"My old teacher would tell me to always pay attention in class"
"I don't care if he is made to go quickly, or to quickly go--but go he must!" (George Bernard Shaw)
Anúncio Você tem medo de falar inglês? - Se você já estudou inglês mas ainda se sente inseguro(a) saiba que o primeiro passo é se expor ao idioma. Converse grátis por 15 minutos com um professor de inglês nativo, você vai se surpreender o quanto isso pode fazer a diferença.

Começar agora!
Saudações! Sei que este tópico está inativo há tempos, mas não pude deixar de perguntar:
Qual é exatmente a relação da frase em inglês "A long time ago..." com a versão portuguesa?
Tenho algumas deduções, mas gostaria da opinião de vocês.
grato.
PPAULO 6 47 1.1k
Não querendo ser polêmico, mas "a long time ago" pra mim poderia ser traduzido como "há muito tempo/há muitos anos" ou "há muitos anos atrás".
Na verdade "há muitos anos atrás" pode ser sim tecnicamente redundante, mas já é de uma certa forma uma expressão já fixada. Contudo, não seria aceito na língua-padrão, poder-se-ia (1) ver pelo banco de correções de redação no UOL, por exemplo.

http://educacao.uol.com.br/bancoderedac ... ficio.jhtm


(1) desculpem, leia-se "poderia'', é que eu sempre sonhei em usar esse termo. Pronto, sonho realizado! :P


De qualquer modo, minha teoria é de que esse "muitos anos atrás'' funciona na mente do brasileiro (ou de muitos), como um "intensificador". Assim, se poderia pensar de um espaço temporal de 50, 100 anos com "há anos atrás/há tempos" etc; ao passo que, com "há muitos anos atrás" seria algo como 2000 anos ou muito mais.
Minha teoria, pois!
Concordo com seu raciocínio, PPAULO. Para mim, entendo que "A long time ago in a galaxy..." significa exatamente o que quer dizer: Algo que ocorreu há muito tempo em uma galáxia. Já "A long time in a galaxy...' dá a entender de que algo ou alguém está em uma galáxia por um período muito longo. Creio que neste contexto e pela estrutura da frase, é necessário usar o 'ago' para dizer que um evento aconteceu.
PPAULO 6 47 1.1k
Thanks for sharing your view, indeed it was my personal opinion, sort of. Others may disagree.
There are things in language that are unique, peculiar (pick, for example, the language of the streets), so my point of view here was just that of a learner with some experience with Brazilian Portuguese under his belt. So, the above comments from the experts still holds.
It´s that in life most of things have two sides! :D
Now, I wish a Happy New Year to all of you!
Ainda precisa de ajuda? Confira algumas opções:
  1. Clique no botão "Responder" (abaixo) e faça sua pergunta sobre este assunto;
  2. Faça uma nova pergunta;
  3. Converse grátis com um professor nativo por 15 minutos: Saiba como!