Como dizer "Amor doentio" em inglês

Ravenna 3
Estou (tentando) passar um texto para o inglês e realmente estou precisando de uma ajuda: como ficaria essa frase em inglês.

"Depois que ela morreu, ele tentou se matar, isso era o amor em sua forma mais doentia. Era um amor doentio."

Se possível, gostaria de sugestões sobre como ficaria a parte em negrito.

Thanks in advance.
Ravenna.

POWER QUESTIONS
O professor das celebridades Daniel Bonatti ensina várias técnicas para você ter conversas melhores mesmo com conhecimentos básicos de inglês. Com as power questions você vai aprender a direcionar a conversa para onde quiser e com isso alcançar seus objetivos na comunicação. ACESSAR AULA
7 respostas
Flavia.lm 1 10 96
Sugestão:

Era um amor doentio = It was a lovesickness
Marcio_Farias 1 24 213
Adding a sentence example with "lovesickness."

Acute lovesickness lead Amaro to an early grave. His beloved girlfriend eventually met (and lived happily ever after with) another man.
(O excesso de amor doentio matou Amaro antes do tempo. Sua amada namorada encontrou um homem com quem viveu feliz para sempre)

Do the forum users/members have another sentence example? Please post it here.
Ravenna 3
Obrigado pelas respostas pessoal, mas eu precisava mesmo é de 'toda' frase em negrito.

(...) isso era o amor em sua forma mais doentia (...)

Se ainda puderem me ajudar, agradeço muito.
Flavia.lm 1 10 96
My attempt...

Depois que ela morreu, ele tentou se matar, isso era o amor em sua forma mais doentia. Era um amor doentio."
"After her death, he tried to suicide. This was love in its sickest form. It was a lovesickness."

Does that make sense?
Henry Cunha 3 18 184
Following Flavia's suggestion, with some slight revisions:

After her death, he attempted (tried to commit) suicide. This was love in its most unhealthy form, a fatal lovesickness.
CENTENAS DE EXPRESSÕES DO INGLÊS
Preparamos um plano de estudos para ajudar você a dominar centenas de palavras e expressões do inglês em tempo recorde. EXPERIMENTE AGORA
Ravenna 3
Thanks a lot folks!
Isso me lembra um belíssimo soneto de Shakespeare, sobre um genuíno lovesick:

Soneto 147
My love is as a fever, longing still
For that which longer nurseth the disease,
Feeding on that which doth preserve the ill,
The uncertain sickly appetite to please.
My reason, the physician to my love,
Angry that his prescriptions are not kept,
Hath left me, and I desperate now approve
Desire is death, which physic did except.
Past cure I am, now reason is past care,
And frantic-mad with evermore unrest;
My thoughts and my discourse as madmen's are,
At random from the truth vainly express'd;
For I have sworn thee fair and thought thee bright,
Who art as black as hell, as dark as night.