Falar inglês em público é querer se exibir?

Minha namorada é professora de inglês mas atualmente não dá mais aula. Sempre quando nós saímos pro shopping Eu gosto de conversa em inglês com ela.

Praticando e vivenciando situações reais.

Você acha isso exibicionismo?

Obrigado!
MENSAGEM PATROCINADA Para aprender mais sobre os Tempos Verbais baixe agora o: Guia Grátis de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola.

Clique aqui e saiba como baixar!
Avatar do usuário Donay Mendonça 48450 21 73 1125
Dreamer,

Tudo depende realmente da intenção de vocês e da impressão dos outros. Se vocês estiverem falando inglês apenas para praticar, então, tranquilo. Porém, há que faça isso para se exibir - para aparecer. Normalmente, por se tratar de algo ainda um tanto incomum, vocês podem ser interpretados como exibidos. Na minha opinião, é muito importante praticar e não ligar para o que os outros pensam.

Falar inglês é importante. Então, exibidos ou não, pratiquem bastante.
Avatar do usuário Lucas PAYNE 260 7
Queria eu ter essa oportunidade que você tem de poder praticar seu inglês.
Don't worry , just keep doing.
Pessoal,

Não acho que seja exibido, desde que o objetivo seja a prática.
Na minha equipe no trabalho estamos realizando reunião diária em inglês para praticar, e não com o objetivo de exibição.
Avatar do usuário Henry Cunha 9960 2 17 177
That seems to me like a very cultural question. If you visit Toronto (and in the last ten years practically any larger city in Canada), you'll be amazed at the number of languages you hear in the street, bars, restaurants, public transit, actually anywhere. Sometimes at the local coffeeshop I and company seem to be the only ones speaking English. So I'm always a bit surprised in Brazil at how homogeneously "Portuguese" everybody is. And under those circumstances I find it a bit awkward to speak English, not only because it might look snobbish but also because I think people might think I'm speaking English so that other people won't understand what I'm talking about.

At the same time, as a matter of principle, I positively hate to buy clothes in Brazil that have English brand names or slogans exposed. They look silly and pretentious to me, but that's probably just my contrariness...
Avatar do usuário claudemircloud 115 1
Interesting view points above! In my case like Lucas Payne I'd like to have anyone to talk English sometime but the only way I have to practice it is by computer. It is important don't look snobbish coz you confidence at one day could go down. But practice is high that what people will think. Keep practicing English!
Exibir não é não, desde que com uma certa prudência de não ser exagerado como já vi algumas pessoas fazendo.
Já vi pessoas que começam a falar alto para chamar a atenção, ou falam num local não muito apropriado, por exemplo um local de muita aglomeração de pessoas.

Tem gente que fala inglês achando que todos em volta não vão entender. Sério engano, tem muita gente que tem um bom ou ótimo conhecimento da lingua mas não demonstra. Uma vez eu estava no metrô fazendo uma lição que estava atrasada quando uma moça viu o que eu tinha escrito e com extrema educação me indicou a resposta correta e argumentou o motivo.

Outra situação curiosa foi um casal no trem que eu estava e os dois estavem conversando em inglês. O material do curso estava na mão deles e eles falavam sobre o dia e aquilo que estava acontecendo no metrô. Até que chegou o momento que comentaram entre eles que eu estava vermelho e parecia um tomate. Foi aí que eu educadamente falei pra eles que se eles quisessem falar sobre alguém seria interessante ter o cuidado de saber se não teria alguém que entendesse o que eles estavam falando. Resultado, eles ficaram roxos feito uma beringela. rsrs
Avatar do usuário Adriano Japan 805 1 18
Bem, sou casado com uma japonesa que mal fala o português, e quando estamos no brasil sinto um pouco de vergonha quando ela me pergunta alguma coisa dentro de um metrô / elevador lotado e todo mundo fica com aquele olhão tentando imaginar que língua é essa que aquele cara alto com cara de alemão e aquela moça de olhos puxados estão falando...
Aí procuro agir normalmente, mas sempre falando baixinho ou tentando puxar a conversa pro mais reservado, sou super tímido, ainda mais quando é no brasil, onde o povo olha mesmo na cara dura sem nem ao menos tentar disfarçar (tem gente que acha bonito encarar os outros fazendo cara de bobo rs).

Agora o tanto de situação hilária que já presenciei com o tipo de pessoa que o Flávio descreveu....
O Henry está corretíssimo (e este tópico também), o brasil é tão linguisticamente homogêneo que parece que quando alguém finalmente aprende um básico do inglês, acha a coisa mais "fantástica" do mundo.
Parece ser algo tão "extraordinário" falar o inglês (língua mais universal impossível rs) que quando um brasileiro encontra um gringo à disposição (pode ser de qualquer nacionalidade, até espanhol rs), não é oportunidade que se perca pra falar gritando em inglês em lugar fechado e querer desfilar de "reizão bilíngue" (uau, esta expressão cai muito bem) e o pior, pronúncia, concordância, tudo de doer os ouvidos :|
Imagine a situação: ao pegar o elevador apertadíssimo pra subir os 40 andares do Banespa (o "Empire State paulista"), todos os estrangeiros a bordo ficam quietos, no máximo cochicham alguma coisa... mas SEMPRE vai ter algum brasileiro vindo com um inglês todo errado tentando aparecer, e o mais engraçado: acha que pra falar inglês tem que fazer uma pronúncia bem ridícula e esnobe, só que pra falar de coisas absolutamente triviais!!!
É como alguém fazer aquela voz de rico "Hoje tomei um champanhe bordeaux em Champs-Élysées e minha limousine nos levou para o Hyatt Hotel", só que troque a frase (com o mesmo tom de voz) por: "Hoje a descarga quebrou aí à tarde chamei o encanador" kkkkkkkk :mrgreen:
No máximo tento disfarçar o riso olhando pro chão :roll: , não tenho coragem pra corrigir um desconhecido como a moça fez com o Flávio, na verdade acho até deselegante..

Então a dica Dreamer Boy é: pratique BASTANTE com sua namorada, sempre se corrigindo, se ensinando (preferencialmente sem sair do idioma), pois oportunidade assim no brasil é coisa rara.
Não se preocupe em parecer exibido, perceberá claramente a diferença do tom e modo de falar de quem já é avançado ou só quer praticar um idioma levando um bom papo, com aqueles manés que fazem questão de expôr tudo o que aprendeu na primeira apostilinha de inglês pra todo mundo ouvir, ou querer tirar onda com as pessoas sem ser entendido, os 2 casos são completamente diferentes.
Ou seja, pratique inglês falando exatamente como você fala em português, não como um esnobe com problema de audição. :mrgreen:
Avatar do usuário Adriano Japan 805 1 18
Alessandro, achei o máximo este artigo de 2007. :D

https://www.englishexperts.com.br/quando-falar-ingles-e-brega/
MENSAGEM PATROCINADA Leia o e-book Aprendendo Idiomas por Conta Própria e conheça as técnicas utilizadas pelos Experts para aprender idiomas. Com ele você vai aprender a aprender inglês!

Baixar uma Amostra Grátis!