Você se considera uma pessoa imediatista ao aprender Inglês?

Hey guys!

Essa foi a pergunta que veio a minha cabeça após perceber que queria aprender Reported Speech e as Conditionals a qualquer custo. Primeiramente, gostaria de falar que não sou a favor da preguiça, mas sou totalmente contra o imediatismo enquanto se aprende uma segunda língua.
O imediatismo acontece quando dispensamos mediações, rodeios, quando queremos que tudo se realize na hora e muitas vezes gastamos horas estudando uma gramática e quando vamos praticar simplesmente não flui. Por experiência própria quando eu estava aprendendo a tocar violão tinha dificuldades em fazer solos, pois sempre tentava fazer rápido, como o músico do vídeo fazia. Até que parei e pensei: tem algo errado, vou tentar fazer devagar. Tentava, tentava, tentava e pronto, conseguia fazer o solo.
Enquanto aprende-se o Inglês ocorre a mesma coisa, tentamos fazer algo rápido, quando aprendemos algo novo já queremos fazer “x” exercícios e quando vemos não aprendemos nada, foi tempo jogado fora. Com isso aprendemos que as melhores coisas da vida são conquistadas/alcançadas/aprendidas com tempo, e isso inclui o aprendizado do Inglês.

Remember, no pain, no gain!
See you!

ATIVE O ENGLISH PLUS POR R$ 8/MÊS Além de aprender sem anúncios, você terá acesso: aos Cursos do English Experts, a respostas verificadas por especialistas (ilimitado) e ao aplicativo Meu Vocabulário. ATIVAR AGORA
1 resposta
PPAULO 6 48 1.1k
Thanks for sharing your experience with us, Nathan.
In fact many of us learn in this way, by being patient and knowing his limitations (and adjusting some method to them), and by going to and fro.
Motivation is also a factor, sometimes ditching your persistence means ditching your desire.
So, one doesn´t need to give up, just be back to the topics he has some difficulty and then hop back to the point he was studying. English is actually easy (and to a degree - simple), but not effortless!
But then, just like everything in life...
On the other hand, it´s also equally easy to succumb the temptation of thinking that someone else master English just as an innate ability. Not so to many; there are a lot of people that use the proverbial one percent inspiration and ninety-nine percent perspiration (one way or the other).


See you around.